01/11/2018 às 15h17min - Atualizada em 01/11/2018 às 15h17min

URGENTE: Homem esfaqueia 10 pessoas, atropela uma e é morto a tiros pela PM em RO

Um homem atropelou uma pessoa e esfaqueou outras 10 com um facão, nesta quinta-feira (1°), na Zona Leste de Porto Velho. Entre os esfaqueados no ataque estão uma criança de 8 anos e a mãe dela. A mulher de 27 anos morreu logo após ser socorrida. O suspeito do ataque também morreu depois de ser baleado por policiais. Seis pessoas estão em estado grave, duas estão sendo atendidas na UPA e outras duas já liberadas.

Segundo informações iniciais da Polícia Militar (PM), os ataques foram nos bairros Renascer, Porto Cristo, Ayrton Senna, Vila Mariana, Três Marias e Castalheiras.
 

Informações de testemunhas revelam que o homem teria atacado as vítimas aleatoriamente com uma faca, sem nenhuma motivação.

As nove vítimas do esfaqueamento foram levadas para a UPA da Zona Leste de Porto Velho. A direção da UPA confirma que uma mulher esfaqueada na cabeça e no peito não resistiu as ferimentos. O rosto dela ficou totalmente desfigurado.

Vários parentes das vítimas estão na frente da UPA em busca de informações sobre o estado de saúde. Por causa da confusão, a UPA interrompeu o atendimento temporariamente na unidade para os demais moradores da cidade.

Ainda segundo a PM, depois de atacar as vítimas ele atacou a polícia, que reagiu. O suspeito foi baleado e levado ao Hospital João Paulo II, mas morreu.
 

Informações de testemunhas revelam que o homem teria atacado as vítimas aleatoriamente com uma faca, sem nenhuma motivação.

As nove vítimas do esfaqueamento foram levadas para a UPA da Zona Leste de Porto Velho. A direção da UPA confirma que uma mulher esfaqueada na cabeça e no peito não resistiu as ferimentos. O rosto dela ficou totalmente desfigurado.

Vários parentes das vítimas estão na frente da UPA em busca de informações sobre o estado de saúde. Por causa da confusão, a UPA interrompeu o atendimento temporariamente na unidade para os demais moradores da cidade.

Ainda segundo a PM, depois de atacar as vítimas ele atacou a polícia, que reagiu. O suspeito foi baleado e levado ao Hospital João Paulo II, mas morreu.
O homem esfaqueou tanto pessoas desconhecidas como conhecidas. Uma das vítimas mora próxima a casa do autor dos ataques.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »