20/11/2018 às 06h24min - Atualizada em 20/11/2018 às 06h24min

Polícia pode deflagrar novas operações para combater esquema criminoso que começou na Sedam

Com a intensificação das investigações para combater um esquema criminoso na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), que levou entre os presos, o secretário e o adjunto da pasta, a Polícia Civil não descarta novas operações com base nas provas colhidas durante a Operação Pau Oco, deflagrada no início deste mês em parceria com o Ministério Público de Rondônia.

Leia Mais

Segundo a Polícia Civil, após o cumprimento das prisões temporárias, os investigados foram interrogados, assim como houve a análise de documentos apreendidos nas residências dos envolvidos nas buscas e apreensões. À época, além de documentos, foram apreendidos equipamentos e grande quantia de dinheiro em espécie. 

A polícia ainda descartou a necessidade de pedidos de prisão preventiva contra os indiciados. No entanto, continuam válidas as medidas cautelares, como afastamento da função e de prédios públicos, conforme o caso.

Considerada com bom resultado, a polícia informa ainda que continua o trabalho de análise de todo material apreendido e que trabalhará as demais etapas desta operação em sigilo, seguindo o pedido judicial. Fonte:Rondoniagora. 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »