29/11/2018 às 18h39min - Atualizada em 29/11/2018 às 18h39min

​Exclusivo: equipe de transição define novos chefes em Cerejeiras


Já estão adiantadas as articulações para definir os novos auxiliares do governador Marcos Rocha (PSL) em Cerejeiras e região.
Uma reunião com representantes da equipe de transição está marcada para acontecer no município com a presença dos apoiadores de campanha e assessores do governador eleito.
O objetivo é traçar as metas de trabalho e avaliar, num segundo momento, os nomes e as "fichas" dos futuros indicados para exercerem funções de chefias na região.
Sabe-se, nos bastidores, que as trocas ocorrerão em todas as secretarias estaduais e autarquias. Detran, Seduc, Sedam, Emater,  DER, entre outros órgãos já se preparam para as mudanças.

Seduc

Na Seduc, por exemplo, três nomes já estão sendo sondados. Uma pedagoga, que foi transferida recentemente de Vilhena para Cerejeiras, seria um deles.
A novata seria ungida pelo grupo do governador eleito, além de ter o perfil técnico favorável para exercer a função de chefia.

Um outro nome, segundo uma fonte deste site, seria de um professor ligado à Igreja Católica e que apoiou a campanha do ex-secretário de Agricultura, Evandro Padovani. Além de ser filiado ao PV, sigla que tem como maior liderança o deputado Luizinho Goebel, o educador teria sido cogitado para assumir o cargo de coordenador regional, após ter feito um bom trabalho como gestor de uma escola em Vilhena.

Por fora, ainda, ventilou-se a nomeação de uma técnica que trabalha na Coordenadoria Regional de Educação, casada com um ex-comandante da Polícia Militar em Cerejeiras.

Na semana passada, porém, surgiu a informação de que uma pedagoga de Cerejeiras assumiria a Coordenadoria Regional, mas que, por outro lado, seu nome foi prontamente descartado em razão de uma forte rejeição no meio dos profissionais. Os nomes, no entanto, aos poucos vão surgindo, mas nada está ainda fechado para 2019.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »