10/12/2018 às 17h08min - Atualizada em 10/12/2018 às 17h08min

Jornalistas de Cerejeiras ganham prêmios e tornam cidade referência em notícia


 O ano de 2018 ficará marcado na história do jornalismo cerejeirense.  Dois trabalhos nas áreas de rádio e jornal eletrônico, desenvolvidos no município a partir de reportagens, foram homenageados em âmbito estadual. Tendo à frente os comunicadores Elizeu Evangelista, apresentador do programa Tribuna Livre, da rádio Ondas Verdes; e Erick Morais, editor do site MIDIARONDONIA, os jornalistas foram agraciados com o prêmio oferecido pela Federação Nacional dos Comunicadores (Fenacom).
Os trabalhos desenvolvidos pelos profissionais passaram por uma comissão avaliadora da entidade que, posteriormente, realizou a escolha e a indicação para receberem a homenagem das mãos do governador de Rondônia.
 A entrega da comenda aconteceu na última sexta-feira (07) à noite, na sede da OAB em Porto Velho, reunindo profissionais de imprensa de todo o Estado que, por sua vez, se destacaram em vários segmentos. 
O governador de Rondônia, Daniel Pereira, além de ser homenageado pela entidade, entregou pessoalmente os certificados aos ganhadores de Cerejeiras, cidade que ele também representa no contexto político. Ele aproveitou para fazer um balanço da sua administração, sendo bastante aplaudido na oportunidade.
 
Audiência comprovada
 
O trabalho em parceria realizado entre os jornalistas de Cerejeiras, que criaram uma espécie de imprensa doméstica, leia-se fusão entre jornal eletrônico e emissora de rádio, divulgando notícias do município e região, resultou em diversos furos jornalísticos, elevando a audiência da emissora, bem como, garantiu milhares de acessos ao site MIDIARONDONIA.
 
Com uma plataforma moderna e mais adequada, o jornal eletrônico, segundo dados do Google, atinge normalmente de 7 a 8 mil acessos dia, seguindo uma lógica de evolução constante.  
No caso da rádio, o jornalista Elizeu Evangelista, que tem todo um estilo próprio de fazer o seu programa, consegue surpreender os ouvintes a cada dia com entrevistas inéditas, perguntas inteligentes, com um trabalho bem planejado, além de abrir o canal da emissora para que os ouvintes possam interagir por meio das redes sociais.
A troca de informações entre os profissionais foi o grande diferencial na parceria que deu certo em Cerejeiras, resultando, assim, em um jornalismo autêntico e socialmente responsável, que, não atrapalha, mas que efetivamente ajuda as pessoas por meio de campanhas sérias, sendo ainda imparcial e que busca, acima de tudo, ouvir as partes envolvidas na informação para que não haja prejudicados. Para ambos os profissionais, o grande homenageado foi o povo de Cerejeiras que, com todo certeza, apoiou o trabalho e merece compartilhar esse prêmio no fechamento de 2018. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »