15/04/2018 às 09h02min - Atualizada em 15/04/2018 às 09h02min

Policial militar da reserva é preso com farta munição  

Porto Velho - Aparecido Quintino Alves, policial militar da reserva do estado do Mato Grosso do Sul, de 64 anos, foi preso no início da noite desta sexta-feira (13), com diversas munições em um ônibus que saiu de Porto Velho e seguia para União Bandeirantes, distrito da capital distante cerca de 180 quilômetros. Esta é a segunda vez que o homem é preso em menos de 30 dias. Na primeira, ele foi flagrado com mais de 3 mil munições e pólvoras em uma residência do distrito onde mantinha o comércio ilegal. Segundo o boletim de ocorrência, o homem saiu da embarcou na rodoviária de Porto Velho e uma policial percebeu a atitude suspeito, acionando a guarnição de serviço. O ônibus foi abordado na Linha 101 km 30, após parar por problemas mecânicos. Ao perceber a presença da polícia, o homem ficou nervoso, mas na revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado. No entanto, ao verificar a bagagem do homem, os policiais encontraram grande quantidade de munições. Após contagem resultou em 30 munições de calibre 380, 50 munições calibre 38, 80 munições calibre 32, 300 espoletas calibres diversos, 25 estojos de metal calibre 36, 60 munições calibre 32, 50 cartuchos calibre 28, 125 cartuchos calibre 36, 25 cartuchos calibre 20, 60 cartuchos calibre 16, 250 munições calibre 22. Além desses objetos, ainda foram encontrados um cartão de visita com contatos de várias lojas de caça e pesca, telefone e nomes que, segundo o preso, seriam contatos de compra de munição e objetos do mesmo seguimento, e uma nota de orçamento descriminando toda mercadoria comprada e o valor total pago. O homem disse aos policiais militares que as munições seriam para revenda. Aparecido Quintino Alves foi apresentado na Divisão de Flagrantes. Fonte: Com informações da PM Foto: PM
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »