18/01/2019 às 11h51min - Atualizada em 18/01/2019 às 11h51min

Ex-repórter do Brasil Urgente processa Datena por assédio sexual

A jornalista Bruna Drews está processando o apresentador da Band, José Luiz Datena, por assédio sexual. A informação foi divulgada na noite desta quinta-feira (17) pelo Notícias da TV, do Uol.

Em representação protocolada no Ministério Público de São Paulo (MP-SP), Bruna, que foi repórter do programa Brasil Urgente, afirma que Datena teria lhe dito que ela não precisava emagrecer porque já era “muito gostosa”, que diversas vezes teria se masturbado pensando nela e que achava “um desperdício” a profissional “namorar uma mulher”.

O fato teria ocorrido em junho do ano passado durante comemoração do encerramento das gravações do quadro A Fuga, do extinto Agora É com Datena, em um bar na região central de São Paulo.

Bruna diz que só decidiu processar Datena agora porque, após o suposto assédio, teve uma grave crise de depressão e pânico.

A jornalista também está movendo ação trabalhista contra a Band, à qual acusa de ter sido conivente com Datena.

Datena nega qualquer conversa de teor sexual entre ele e Bruna.

“Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era era competente. Tirando isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”, diz Datena.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »