14/02/2018 às 17h04min - Atualizada em 14/02/2018 às 17h04min

Vereadores de Cerejeiras são vistos como corruptos pela população

Da Redação – Pegou muito mal para imagem dos vereadores de Cerejeiras a autorização concedendo auxílio alimentação para os servidores daquela Casa de Leis. “Isso é corrupção. Eles já ganham muito bem para quem trabalha apenas uma vez por semana. A cidade está entregue às baratas, e eles não fazem nada a não ser bajular o prefeito. Está impossível se desviar de tantos buracos e a saúde está gravemente doente”, reclama o vendedor ambulante José Américo, morador do bairro BNH. De acordo com documento que concede o benefício, no dia 10 de novembro de 2017, em sessão plenária foi publicado pela Câmara a resolução 198/17-CMC, de autoria da mesa diretora, que dispõe sobre a autorização de concessão de auxílio alimentação na forma de tíquete alimentação aos servidores da casa, servidores comissionados e vereadores. Ficaram de fora do auxilio aprovado os servidores cedidos, permutados, estaduais, federais e municipais. O novo valor de R$ 400,00 passou a valer a partir da data da publicação. “Além de não fazerem nada, eles ainda querem 400 reais para comerem às nossas custas. Fora isso, parte dos servidores da Câmara Municipal são considerados verdadeiros fantasmas”, comenta a doméstica Maria Helena, lembrando que os parlamentares ainda ganham gordas diárias (somente para viajar à toa, pois não trazem nada de concreto para o município), além de receberem pelas sessões extraordinárias. “Precisa dizer mais alguma coisa? Essa manobra tem nome: chama-se corrupção”, finaliza o desempregado Raimundo Soares.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »