29/03/2019 às 00h00min - Atualizada em 29/03/2019 às 00h00min

Em Cerejeiras 1a Promotoria de Justiça realiza mais uma etapa do Projeto Resgate à Cidadania.

Ocorreu ontem, 28 de março de 2019, no auditório da Promotoria de Justiça de Cerejeiras, mais uma etapa do Projeto Resgate à Cidadania, recebendo alunos líderes e vice-líderes da Escola Estadual Castro Alves.

O Promotor de Justiça Victor Ramalho Monfredinho e a Professora Mestre Viviane Horn (IFRO - Colorado do Oeste) realizaram uma reunião com os representantes das turmas.

Durante o encontro foram discutidos e analisados diversos aspectos sobre a cidadania, cultura de paz e diálogo, erradicação de atos maledicentes e obscenos no âmbito escolar, conscientização contra o uso de drogas lícitas e ilícitas e o incentivo para a prática de atos de gentileza, respeito aos idosos, pessoas com necessidades especiais, preservação do patrimônio público, entre outros.

Nomeado como 'Resgate à Cidadania', a intenção é aumentar a qualidade do ensino na Escola Castro Alves, incentivando os alunos e a sociedade em geral à prática de ações positivas, abandonando os atos de indisciplina e atos infracionais. A justificativa do projeto é que no ano de 2018 a Escola Castro Alves apresentou elevado índice de atos infracionais e indisciplinares, mas, segundo constatação da diretora da escola, Professora Cirlene, o comportamento estudantil melhorou em 80% desde o início do projeto.

Os próximos passos envolvem a criação de um movimento na internet para influência positiva dos alunos, bem como a realização de uma caminhada e um simpósio de cidadania.

Para o Promotor de Justiça, a sociedade somente será verdadeiramente livre e ordeira através do incentivo à educação, o que envolve atos éticos e de cidadania. O Ministério Público informa que está aberto para receber parceiros de outras instituições para integrar o projeto. Texto e Foto: Assessoria MP.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »