11/08/2019 às 18h16min - Atualizada em 11/08/2019 às 18h16min

Em Colorado, mais de 40 pessoas participam de palestra sobre empreendedorismo realizada pela Escola do Legislativo


 
A Câmara Municipal de Colorado do Oeste, por meio da Escola do Legislativo, em parceria com o SEBRAE, realizou na última sexta-feira, 09, uma palestra com o tema “Como se tornar um Microempreendedor Individual-MEI”.
O objetivo, entre outras ações, foi esclarecer aos interessados que buscam se tornar um empreendedores e, por outro lado, não possuem informações para começar um pequeno negócio.
 
Na abertura do evento, o presidente da Câmara Municipal, vereador Gercino Garcia, agradeceu os participantes e ressaltou que, entre outras medidas, o foco do encontro é transformar ideias em negócios, além de desejar sucesso a todos, pois, segundo ele, a prosperidade de um município é medida pela soma dos sucessos de seus habitantes. “Junto com nossos parceiros do SEBRAE-RO, vocês terão todo o apoio necessário para que cresçam de maneira saudável”, disse o presidente da Casa de Leis.

Ainda em sua fala, Gercino Garcia agradeceu o empenho da diretora da Escola do Legislativo, Nelina Gomes, da secretária Paula Katrine e da diretora da Câmara, Priscila Martins, pelo empenho e esforços para que o evento acontecesse.

Ele agradeceu, ainda, a todos os vereadores que, segundo o parlamentar, sempre tem apoiado as ações em prol da comunidade coloradense, bem como, a todos os servidores da Casa que trabalham com dedicação para que as ações se tornem realidades.



O SEBRAE foi representado pelos analistas técnicos: Emerson Pinduka e Aniele Caroline Tesser. Durante a palestra Emerson Pinduka esclareceu as dúvidas dos participantes em suas diversas nuances e mostrou os benefícios de se tornar um Microempreendedor Individual-MEI.
Dentre elas estão à cobertura da Previdência Social, podendo receber: Aposentadoria por idade; Aposentadoria por invalidez; Auxílio-doença; Salário-maternidade; Pensão por morte; e Auxílio reclusão para a família. Ao ter registro no CNPJ, o MEI também tem benefícios para o crescimento da atividade econômica, a exemplo: Comprar e vender com nota fiscal, o que proporciona melhores preços; Realizar vendas para governo; Abrir conta em banco como pessoa jurídica; Ter acesso a crédito com taxas diferenciadas;  Receber apoio do SEBRAE; entre outros benefícios.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »