19/08/2019 às 16h32min - Atualizada em 19/08/2019 às 16h32min

Guia pretende dar mais visibilidade aos pontos turísticos de Rondônia


A Superintendência Estadual do Turismo (Setur) vai cadastrar, a partir deste mês e todo o mês de setembro, estabelecimentos comerciais de Rondônia do segmento turístico (empresa de transporte aéreo, fluvial e terrestre, pousada, hotel, resorts, restaurantes, lanchonetes e similares) voltados ao turismo cultural, turismo de aventura, turismo de pesca e turismo ecológico, em um único local. Com essa atividade é esperado que pontos turísticos dos 52 municípios tenham mais visibilidade e passem a fazer parte do dia a dia de mais de 1,7 milhões de pessoas que vivem em Rondônia, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Acredita-se que esse trabalho atraia turistas não só do Brasil, mas de todo o mundo, gerando aos rondonienses um sentimento de pertencimento, passando, assim, a explorar o turismo local. Com o conhecimento de que existem diversos tipos de pontos turísticos em Rondônia, os próprios moradores do estado devem passar a fomentar mais a economia. Além de pontos comerciais, também vai ser possível consultar roteiros. Empresas que não tenham atividades turísticas não podem realizar o cadastro.

O guia de turismo que vai dar divulgação para todos os pontos turísticos em Rondônia foi desenvolvido pela Superintendência do Estado para Resultados (EpR) e entregue na última semana. Em parceria, a EpR e Setur diagnosticaram que, no estado, não existia um local que houvesse todas as informações sobre o turismo de forma concentrada, surgindo, em razão disso, a necessidade do desenvolvimento dessa forma de guia online de turismo.


Segundo dados da Setur, há cerca de 450 estabelecimentos regulares, 300 irregulares e mais de mil não cadastrados. Para o Superintendente da EpR, Coronel Delner Freire, esse serviço vai fomentar a economia em todos os municípios. “A EpR tem pensado em soluções de fácil uso e que tenham resultado direto para o cidadão”.Para estar apto a esse novo guia, os estabelecimentos devem se cadastrar no Cadastur, sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam na cadeia produtiva do turismo, executado pelo Ministério do Turismo em parceria com os Órgãos Oficiais de Turismo das Unidades da Federação.

Após realizarem o devido cadastro no Cadastur, os estabelecimentos interessados deverão assinar um termo de cooperação e, depois disso, terão um prazo de 48 horas para estarem no guia. A confirmação de cadastro será através de e-mail. Com esse novo guia, o Estado vai proporcionar a visualização de forma rápida e fácil de todos os estabelecimentos voltados ao turismo de uma forma geral. Ressalta-se, que nesse guia, os servidores de Rondônia também vão fazer uso do programa do governo estadual viaja mais servidor. (Assessoria)

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »