19/09/2019 às 09h42min - Atualizada em 19/09/2019 às 09h42min

Mauro Nazif defende Lava Jato e pede por legalidade de processos

Assessoria
O deputado federal Mauro Nazif (PSB), assinou na última quinta, 12, a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades na condução dos processos, na Câmara dos Deputados.

A Comissão vai apurar se houve violação dos princípios constitucionais e do Estado Democrático de Direito. Nazif afirma a defesa de três pontos, “primeiro, a defesa do trabalho da lava jato; segundo, aqueles que foram julgados e condenados têm que pagar por isso e devolver os recursos a União; e terceiro, todo processo tem que ser tratado dentro da legalidade”, afirma Nazif.

Este trabalho tem o objetivo de apurar fatos de relevância pública, de ordem constitucional, legal, econômica e social do País. “Em nenhum momento pode-se aceitar que um juiz possa interferir em um processo, induzindo o procurador ou o juiz de defesa, da maneira que ele, o juiz, entende. Isso é importante para que todas as pessoas tenham tratamento igual perante a justiça. A justiça tem de ser isenta, imparcial, aí sim faremos um país justo. Abrir uma CPI? Vamos abrir, se for provado que houve ingerência, que os envolvidos sejam responsabilizados, se ficar provado que não houve, então, parabéns a todos os citados e que o trabalho continue”, finaliza Nazif.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »