24/09/2019 às 14h17min - Atualizada em 24/09/2019 às 14h17min

Em comitiva de deputados em Brasília, Ezequiel Neiva cobra do Dnit a construção de trevo no entroncamento de Vilhena a Colorado e Cerejeiras

Assessoria
Comitiva composta pelos deputados estaduais Ezequiel Neiva (PTB), Luizinho Goebel (PV), Rosangela Donadon (PDT), Chiquinho da Emater (PSB) e Lebrão (PMDB), realizou na manhã desta terça-feira (24) audiência no Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), em Brasília, para cobrar melhoria na infraestrutura da BR-435, de Vilhena a Colorado do Oeste. 

Os parlamentares foram atendidos pelo diretor-geral do Dnit, general Antônio Leite dos Santos Filho. Também participaram da reunião os prefeitos de Colorado, professor Ribamar; de Cerejeiras, Lisete Marth; de Cabixi, Silvênio Almeida; e de Pimenteiras, Vino Dondé; e o vereador Edgar Zolinger.

Como pauta central a audiência, a comitiva cobrou a construção de um trevo no entroncamento da  BR-364 com a BR-435, em Vilhena, no acesso para os municípios de Colorado do Oeste, Cerejeiras, Cabixi, Pimenteiras, e Corumbiara. Os parlamentares também solicitaram ao diretor do Dnit a eliminação de curvas perigosas (da Banana e dos Crentes) na BR-435 (antiga RO-399), no trecho de Vilhena a Colorado do Oeste. 

O deputado Ezequiel Neiva destacou que já havia feito à reivindicação das obras na BR-435, no período em que esteve à frente da direção-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos de Rondônia (DER). “Fiz essas solicitações em 2017 e 2018, mas o diretor do Dnit e o presidente da República eram outros”, observou Neiva. 

Trechos perigosos

O deputado Ezequiel Neiva observou ainda, que a construção do trevo no entroncamento das BRs 364/435 e a eliminação das curvas perigosas na BR-435, são demandas antigas da população do Cone Sul.  O parlamentar disse que o Cone Sul é a região maior produtora de grãos de Rondônia. “O trânsito de carretas é intenso nessas rodovias. Existem curvas muito perigosas e o acesso de Vilhena para Colorado não oferece nenhuma segurança”, afirmou.  
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »