08/11/2019 às 10h49min - Atualizada em 08/11/2019 às 10h49min

Chiquinho da Emater entrega Voto de Louvor aos colaboradores da Associação dos Surdos de Rondônia

 

O deputado Chiquinho da Emater (PSB) comandou ontem (07), no plenário da Assembleia Legislativa, Sessão Solene para a entrega de Voto de Louvor aos colaboradores e membros da Associação dos Surdos de Rondônia (ASR), entidade fundada há cinco anos e que presta um serviço destacado de inclusão social, de defesa dos direitos e de cidadania.

Compuseram a mesa de honra o professor da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e membro da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), Magno Prado Gama Prates, Heluizia Patrícia Lara, chefe do Núcleo de Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação (Seduc); Humberto Marques Ferreira, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da OAB/RO e Geovane Vasconcelos de Souza, presidente da ASRO.

“Essa homenagem é merecida e estamos felizes com a presença de todos aqui, nesta solenidade que ressalta a inclusão, a acessibilidade como um direito que precisa ser respeitado”, disse o deputado.

“Certamente, as adversidades enfrentadas desde sua função, são muitas. Mas, a dedicação e empenho de seus membros e colaboradores, fez a entidade crescer e auferir muitas conquistas para a comunidade surda. Coloco o meu mandato à disposição da ASRO, para contribuir com emendas e outras ações, para que a Associação se fortaleça e possa fazer ainda mais. Contem comigo”, ressaltou Chiquinho.

O parlamentar disse ainda que a Escola do Legislativo, que tem cursos na área de Libras, está de portas abertas para a comunidade surda. “Também vou indicar ao Governo que garanta a presença de intérpretes nas unidades de saúde, para dar um atendimento inclusivo à comunidade surda”.

 

Pronunciamentos 

Heluizia Lara anunciou que na próxima semana a Seduc vai realizar um curso de Libras, voltado aos servidores. Ela ressaltou a volta ao funcionamento pleno do CAS (Centro de Atendimento ao Surdo), com atividades de inclusão.

Humberto Marques destacou que é importante que a Língua Brasileira de Sinais (Libras), seja popularizada. “Agora mesmo, me sinto constrangido por não saber usar a Libras para me comunicar com as pessoas surdas presentes a este evento. Vou procurar aprender Libras para me comunicar plenamente com vocês”, anunciou.

Alunos do coral da Escola 21 de Abril, em Porto Velho, em Libras, fizeram a apresentação da música Era uma Vez. A Escola é destaque no uso de Libras e no acolhimento e inclusão de estudantes surdos.

Também em Libras, sendo traduzido por intérprete, Geovane Vasconcelos, presidente da ASRO e um dos homenageados, disse que a homenagem é importante, pois são cinco anos de lutas e de desafios para conseguir inclusão e garantia de direitos para a população surda. Ele agradeceu ao deputado Chiquinho pela homenagem e chamou a atenção para o fato de a iniciativa do parlamentar ser um processo também de inclusão.

“A falta de comunicação é o grande desafio do surdo e o nosso trabalho é buscar promover ações inclusivas, para garantir direitos básicos, como emprego, acesso à saúde e educação. Muito obrigado a todos”, disse Vasconcelos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »