19/11/2019 às 07h32min - Atualizada em 19/11/2019 às 07h32min

CPI das Fake News: WhatsApp diz ter banido mais de 400 mil contas durante a campanha eleitoral de 2018

O WhatsApp afirmou que baniu mais de 400 mil contas do Brasil entre os dias 15 de agosto e 28 de outubro de 2018, período que engloba a campanha eleitoral do ano passado.

A informação está em um documento enviado pela empresa à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga a divulgação de conteúdos falsos.

O documento foi encaminhado pelo WhatsApp ao colegiado na semana passada e foi disponibilizado no sistema da CPMI nesta segunda-feira (18).

A CPMI pediu à empresa os dados de contas banidas "por suspeita de uso de robôs, disparo em massa de mensagem e disseminação de fake news e discurso de ódio" no período.
 

O WhatsApp afirmou que baniu mais de 400 mil contas do Brasil entre os dias 15 de agosto e 28 de outubro de 2018, período que engloba a campanha eleitoral do ano passado.

A informação está em um documento enviado pela empresa à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga a divulgação de conteúdos falsos.

O documento foi encaminhado pelo WhatsApp ao colegiado na semana passada e foi disponibilizado no sistema da CPMI nesta segunda-feira (18).

A CPMI pediu à empresa os dados de contas banidas "por suspeita de uso de robôs, disparo em massa de mensagem e disseminação de fake news e discurso de ódio" no período

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »