29/11/2019 às 13h28min - Atualizada em 29/11/2019 às 13h28min

Polícias deflagram megaoperação para combater crimes em Porto Velho

Com informações da assessoria

Cerca de 200 policiais civis e militares trabalham para reforçar a segurança das famílias que moram no residencial Orgulho do Madeira, localizado no bairro Mariana, zona leste de Porto Velho, condomínio distante cerca de 15 km do centro da capital.

A operação teve início às 6h desta sexta-feira (29) e já apresenta resultados: 18 mandados de busca e apreensão foram cumpridos e foram efetivadas 10 de prisões.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Secretaria de Justiça (Sejus) também estão envolvidas nas ações de apoio à operação.

De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), o planejamento estratégico de operação foi traçado minuciosamente durante quase dois meses. Está é a primeira fase da operação, que não tem data para terminar. 

REINTEGRAÇÃO 

A Gerência de Inteligência da Sesdec com os núcleos de inteligência da Polícia Civil e Militar  também realizaram levantamento dos apartamentos do Orgulho do Madeira ocupados de forma indevida. De acordo com o secretário de Segurança, José Hélio Cysneiros Pachá, entre as ações de segurança previstas está a de reintegração de posse desses imóveis.

“Já existe uma ordem para reintegrar a área, que será cumprida no momento certo, certamente é uma das prioridades do governo estadual, devolver os apartamentos aos donos”, pontuou Pachá.

A equipe escalada para reforçar a segurança na área do condomínio Orgulho do Madeira se reuniu às 4h de hoje (29) para discutir as últimas tratativas da operação, na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), no bairro Escola de Polícia, na zona Leste de Porto Velho.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »