29/01/2020 às 11h19min - Atualizada em 29/01/2020 às 11h19min

Jaqueline Cassol em parceria com o IFRO viabiliza R$ 700 mil para projeto de qualificação profissional para mulheres

Assessoria
As mulheres em vulnerabilidade social terão mais oportunidades de acesso ao mercado de trabalho e ao empreendedorismo, nesse ano. Isso é o que propõe o Projeto Empoderamento da Mulher viabilizado pela deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO). O projeto vai oferecer cursos de capacitação e qualificação profissional gratuitos, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), para as moradoras dos municípios da Região do Café, Zona da Mata, BR- 429 e Cone Sul.
 
Para a realização, a deputada conseguiu a liberação de R$ 700 mil junto ao Ministério da Educação para o IFRO desenvolver a ação.  O objetivo é ofertar cursos de formação inicial e continuada para mulheres e prepará-las para o empreendedorismo e protagonismo econômico e social. Além de promover a inserção no mercado de trabalho. “Criar uma reserva de oportunidades para essas mulheres é fundamental. O Empoderamento da Mulher promove autonomia e inclusão social”, disse a deputada.
 
PÚBLICO - O projeto vai atender, no primeiro momento, 800 mulheres das regiões Região do Café, Zona da Mata, BR- 429 e Cone Sul, incluindo mulheres de comunidades indígenas, com deficiência, mulheres rurais e de assentamentos.
 
Os cursos profissionalizantes abordarão temas como empreendedorismo, cooperativismo; promoção e defesa dos direitos da mulher; prevenção da violência doméstica; saúde e segurança do trabalho da mulher; matemática aplicada e finanças pessoais.
 
De acordo com a pró-reitora de Extensão do IFRO, Maria Gorete Reis, as aulas começam em março e cada curso terá em média 3 meses de duração. “Estamos elaborando os editais de contratação de professores e de seleção das alunas para que o acesso aos cursos seja democrático”, explicou.
 
As alunas receberão bolsas durante três meses, no valor de R$ 100,00 para despesas com transporte, alimentação e material para o curso. “Este projeto vai oportunizar todos os meios para que as mulheres tenham independência financeira e se tornem protagonistas de suas vidas”, detalhou Jaqueline Cassol.
 
EMPODERAMENTO - Esta será a terceira edição do Empoderamento da Mulher. O projeto começou em 2017 em uma parceria entre o IFRO e a Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres, porém em 2018 não houve transferência de novos recursos.
 
“Apresentamos para a deputada e na mesma hora ela se comprometeu a apoiar e disponibilizou os recursos. Se não fosse essa parceria, provavelmente não teríamos como fazer a terceira edição”, afirmou a pro-reitora.
 
INCLUSÃO- A ação complementa a atuação da deputada para proporcionar inclusão social para mulheres. Um dos projetos de lei de sua autoria prevê a destinação de 10% das vagas em empresas que prestam serviço ao Poder Público às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. A mulher poderá provar a condição de vítima de violência através de denúncia do Ministério Público ou Medida Protetiva.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »