14/03/2020 às 14h53min - Atualizada em 14/03/2020 às 14h53min

Cerejeirense quase foi linchado por maus tratos de animal no Paraná

Um homem de 72 anos, morador do município de Cerejeiras, identificado pelas iniciais I.G. foi detido pela Polícia Militar do estado do Paraná, após arrastar um cachorro pela rodovia BR-272 até a entrada do conjunto Cohapar em Campo Mourão-PR.
 
Segundo informações, o fato aconteceu na terça-feira, dia 25 de fevereiro, quando o condutor da camioneta Chevrolet, modelo Silverado de cor preta, que saiu do município de Cerejeiras (RO), com destino ao Paraná e parou em um estrada rural as margens da BR-272 próximo a Campo Mourão, para Urinar e também desceu o cachorro que estava na caçamba do veículo, o condutor amarrou o animal no para-choque do veículo para que o animal pudesse fazer suas necessidades no local, mas o condutor acabou esquecendo de colocar o cãozinho para dentro da caçamba e acabou arrastando o cachorro pela rodovia até a entrada do conjunto Cohapar onde foi abordado por veículos que perceberam a situação.
 
Diante dos fatos constatados pelos motoristas e populares no local, quase ocorreu um linchamento, a PM foi acionada ao local para conter a situação e tomar as providências cabíveis.
 
Uma associação que defende os animais (PAIS) esteve no local, e recolheu o animal que estava com diversas fraturas pelo corpo e encaminhou para um veterinário.

Diversas fotos e vídeos foram feitas por populares e viralizaram nas redes sociais deixando todos revoltados com tal situação. Aos policiais, o idoso disse que era o dono do animal e que teria parado na estrada e, para o cachorro não fugir, amarrou o bicho na parte traseira do veículo.

O homem informou que saiu com a caminhonete e se esqueceu do animal. Disse que no meio da estrada foi alertado por um motorista, mas não parou porque ficou com medo de ser um assalto.

O cachorro teve ferimentos por todo o corpo, os ossos foram expostos, quebrou as quatro patas - duas estão praticamente mutiladas. Apesar da gravidade dos ferimentos, o bicho está se recuperando. O idoso foi liberado após prestar depoimentos. Com informções do portal Hora Certa e G1-PR.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »