16/03/2020 às 20h33min - Atualizada em 16/03/2020 às 20h33min

Empresário é preso após fugir de blitz e tentar matar PM durante perseguição em Vilhena

Um empresário de 45 anos foi preso no último fim de semana, após fugir da Operação Lei Seca e tentar matar um policial militar durante perseguição em Vilhena (RO), região do Cone Sul. Segundo a polícia, a blitz acontecia na Praça Nossa Senhora Aparecida, mas os policiais só conseguiram abordar o motorista a 23 quilômetros do município.

Conforme o boletim de ocorrência, a perseguição começou por volta das 4h de domingo (15) quando o homem, que é dono de uma empresa de segurança em Cacoal (RO), desobedeceu a ordem de parada da PM e só parou quando houve um bloqueio na BR-364.

O condutor não respeitou a preferencial da Avenida Major Amarantes e seguiu pela rodovia, sentido Porto Velho. Ainda de acordo com o registro policial, o motorista ainda quase capotou o veículo ao ultrapassar diversas lombadas em alta velocidade.

Durante a perseguição, a viatura da PM tentou fazer um bloqueio, mas o empresário escapou ao jogar o carro no acostamento. Os policiais, então, atiraram contra o veículo e conseguiram estourar o pneu traseiro. Mesmo assim, o suspeito continuou com a fuga.

Ao perder o controle da direção, a PM conseguiu bloquear o condutor e dar mais uma ordem de parada. O motorista ainda acelerou em direção ao carro de polícia quando o comandante da PM saiu da viatura para abordá-lo, mas o policial conseguiu escapar sem ser atingido e os carros colidiram.
 

Visivelmente embriagado, o empresário foi imobilizado e preso, e foi encaminhado a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp). Já na delegacia, o homem se recusou a realizar o teste do etilômetro.

Dentro veículo, uma garrafa de whisky vazia e R$ 354 em dinheiro foram encontrados. (G1)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »