29/03/2020 às 09h01min - Atualizada em 29/03/2020 às 09h01min

Cerejeiras: Prefeitura emite nota de esclarecimento a respeito de caso suspeito do Covid 19 no município, veja vídeo

Vídeo de moradora postado no Instagram viralizou neste sábado

Redação
MÍDIA RONDÔNIA
Ilustrativa
Após o vídeo de uma moradora do município de Cerejeiras (RO) viralizar nas redes sociais, a prefeitura por meio da secretaria municipal de saúde emitiu nota técnica esclarecendo os fatos.

O vídeo foi postado na rede social Instagram da moradora identificada pelas iniciais N. A. F. onde a mesma relata que seu marido identificado como L., começou com uma tosse na sexta-feira (dia 20/03) e sintomas de gripe, no domingo (dia 22/3) ela sentiu-se mal, como fosse uma virose e teve febre a noite, já na segunda-feira (dia 23/05), seu esposo teve falta de ar, eles procuraram ajuda no hospital municipal São Lucas e foram informados que não era para procurar o hospital, procuraram o Corpo de Bombeiros, após diversas informações desencontradas, conseguiram o número da prefeitura e mantiveram contato com uma agente de saúde.

A moradora relata ainda que somente foi atendida na segunda vez, após o gerente da agência bancária que seu esposo trabalha, ligar para a prefeita e afirmou ainda que foi informada pela profissional da saúde que o município não possui kits para testes do Coranavírus, após grande repercussão o vídeo foi apagado da página da moradora.

A equipe de reportagem do portal eletrônico MÍDIARONDÔNIA manteve contato com a moradora, que afirmou desconhecer o conteúdo da nota de esclarecimento publicado pela prefeitura e após receber de nossa reportagem a referida nota na íntegra, afirmou, “vamos falar com um advogado, mesmo afirmando que tive febre e tosse, não fomos testados, meu esposo é caixa bancário e tem contato diário com vários clientes que vivem viajando, mas é nossa palavra contra a deles, não tenho como provar nada e não podemos bater de frente com uma entidade pública, a única coisa que queria era saber dos testes, não queremos nenhuma retaliação e vamos cuidar da nossa saúde em nossa casa.” Relatou N.
 
Nota de Esclarecimento da Prefeitura de Cerejeiras
 

Levando se em conta, um vídeo publicado no Instagram da *Srª. N., relatando o atendimento prestado pela equipe da saúde municipal, informações abaixo:
 
No dia 23 de março a Diretora da Vigilância epidemiológica enfermeira Marilúcia Aparecida Ribeiro, tomou conhecimento que a senhora N., fez contato e um dos números do DISCK CORONA e estava precisando de orientações dos profissionais da saúde quanto aos sintomas apresentados pelo esposo.  No mesmo dia a diretora da epidemiologia entrou ação, fazendo contato via fone com a senhora N., no nº. 69 9.8436-xxxx, realizando as investigações epidemiológica de acordo com o protocolo do ministério de saúde.

Mediante das respostas da senhora N., o caso foi descartado como suspeito. Assim sendo, foi orientado a manter em isolamento domiciliar com as medidas preventivas (uso mascara, higienizar as mãos com água e sabão, manter a distância mínima de um metro e meio com os demais membros da família) por sete dias e qualquer alterações nos sintomas entrar contato com DISCK CORONA. Enfatizo, devido ter relatado que o esposo apresentava Reniti e Asma (ao esforçar), foi tomado a conduta de agendar uma consulta com clínico geral da equipe Saúde da Família do PSF G, para dia 24 de Março de 2020, e mesma comunicada via telefone da vaga desse agendamento para avaliação clínica do seu esposo e após esta avaliação foi orientada entrar em contato com a vigilância epidemiológica caso necessário, assim como a equipe tem conhecimento que se suspeitar de algum caso de imediato fazer contato vigilância.
 
Como isso não ocorreu a Enfermeira Marilúcia, foi até a casa da Senhora N., no dia 27 de março, afim informações da consulta. Ao chegar foi recebida pelo o seu esposo no portão e em seguida ele chamou a senhora N., e ao ser questionado qual foi conduta da consulta médica, foi informada que não compareceu justificando a dificuldade de ir, por não possuir automóvel.
 
A enfermeira investigou se houve alguma evolução dos sintomas, foi relatado que mantinha o cansaço ao se esforçar e negou febre, tosse... aproveito para informar que nenhum momento dentro da investigação nos últimos 14 dias esteve regiões de casos suspeitos, confirmados ou contatos.
 
Como informou do cansaço, a enfermeira enfatizou da importância da consulta médica e se prontificou diante da necessidade que na próxima segunda feira disponibilizaria um veículo para leva-lo a uma unidade básica de saúde para avaliação médica, uma vez que ministério da saúde orienta ir para Hospital somente casos graves. O exame COVID-19 não foi ofertado por não enquadrar dentro do protocolo do ministério da saúde.
 
A vigilância epidemiológica informa que todos os casos que chegaram ao conhecimento foram investigados diante do boletim epidemiológico nº. 05 do ministério da saúde e todos foram descartados como suspeito.
 
A Secretaria Municipal de Saúde coloca-se a disposição a família da Senhora N., e toda população Cerejeirense a prestar orientações e reitera números dos DISCK CORONA 69 9.9928-8342 ou 3342-3342 ou 3342-2108 ou 3342-3123 ou 3342-4090.
 
Click no link e veja o vídeo postado no Instagram: https://www.youtube.com/watch?v=_CA4IC-LVgc
 
*O portal eletrônico MÍDIARONDÔNIA, suprimiu da nota de esclarecimento enviada pelo secretário municipal de saúde Ederson Lopes, o nome e o telefone da moradora, para preservar sua identidade e manter o anonimato e deixa o espaço a disposição, caso uma das partes citadas queira se manifestar.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »