30/03/2020 às 08h13min - Atualizada em 30/03/2020 às 08h13min

Caiado diz que se governo não garantir alimentação, vai haver desobediência civil e povo vai quebrar tudo

(Folha de S.Paulo) - Para o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), ex-aliado de Jair Bolsonaro, o Brasil vive uma situação de "urgência urgentíssima" na qual o governo federal tem que tomar medidas o mais rapidamente possível para garantir a alimentação das pessoas. Caiado afirma que esta é a única forma para manter as pessoas em casa e garantir o isolamento social para enfrentamento ao coronavírus. 

Painel da Folha de S.Paulo informa que "Caiado afirma que, se nada for feito de forma imediata, vai haver desobediência civil e o povo vai quebrar tudo". 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »