06/05/2020 às 04h30min - Atualizada em 06/05/2020 às 04h30min

Chiquinho da Emater defende benefícios para servidores da saúde que atuam no combate ao coronavírus

O deputado estadual Chiquinho da Emater (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão da tarde desta terça-feira (05), para defender a concessão de benefícios aos servidores da saúde do Estado, que atuam na linha de frente no combate à pandemia do coronavírus.

"Apresentei um requerimento solicitando ao Executivo a determinação de pagamento ao adicional de insalubridade aos servidores da saúde nas clinicas, hospitais e laboratórios do Governo. Uma parte recebe e outra ainda não. Peço apoio aos pares para que aprovem esse requerimento.

Chiquinho aproveitou para lembrar que "foi combinado o envio do PCCS para esta Casa, ainda nesse primeiro semestres e esperamos que chegue a este Parlamento. Tem bioquímico ganhando R$ 1.800 com 30 anos de trabalho prestado e é uma vergonha, que precisa ser corrigida".

O parlamentar acrescentou que "apresentei indicação ao Executivo e a Secretaria de Saúde (Sesau), para a concessão de um adicional de R$ 500 até ser aprovado o PCCS da saúde, que o Governo se comprometeu em encaminhar para o Legislativo. Seria um reconhecimento para ajudar os servidores, que tanto têm se dedicado para restabelecer a saúde das pessoas nesse momento de grave crise".

Chiquinho da Emater também defendeu que o Estado possa garantir um hotel para que os servidores que atuam na linha de frente no combate a covid-19, como tem ocorrido nos demais Estados. "Isso evitaria que os servidores fossem para casa, correndo o risco de levar infecção para seus familiares", acrescentou.

Por fim, o deputado lamentou a morte do técnico em enfermagem Evandro Mendonça, que atuava diretamente no combate a covid-19, no Hospital de Base. Ele pediu que seja enviada nota de pesar á família, em nome de toda a Assembleia Legislativa. (Assessoria)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »