09/05/2020 às 11h28min - Atualizada em 09/05/2020 às 11h28min

Paciente diagnosticada com COVID-19 é multada pela justiça em mais de R$ 2 mil por descumprir quarentena

Uma Jaruense, que testou positivo para COVID-19, foi processada e multada por descumprir a quarentena determinada pela Secretaria Municipal de Saúde. Ela apresentava sintomas e histórico de risco, por ter ficado cinco dias no Hospital João Paulo II e foi notificada pela Secretaria Municipal de Saúde como suspeita de COVID -19. A coleta para análise foi realizada no dia 23 de abril e, na mesma data, foi assinado um termo que a paciente deveria seguir um rígido protocolo de isolamento. O resultado oficial saiu no dia 27.

Em decisão tomada nesta última quarta-feira (06), a justiça determinou multa de R$ 2.090,00. Em audiência de conciliação realizada online anteriormente, havia ficado estipulado uma pena cuja a multa era de R$ 5 mil, e vários meses de trabalhos comunitários na Rodoviária dos Colonos, porém a decisão foi reconsiderada, devido a mesma não ter sido representada por um advogado naquele momento.

A paciente foi o segundo caso diagnosticado no município de Jaru, ela postou em 27 de abril no seu perfil do Facebook o resultado do seu exame, com isto ela acabou evidenciando outras publicações, como registro de reuniões com mais de cinco pessoas aglomeradas e sem máscaras. Ela também foi acusada de participar de festas, no entanto, conseguiu provar que apenas participou de uma pequena confraternização familiar.

A justiça entendeu que a paciente não seguiu  corretamente as recomendações lhe repassadas.

Fonte: Jornal eletrônico Jaruonline


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »