14/05/2020 às 21h30min - Atualizada em 14/05/2020 às 21h30min

Urgente: Policia prende acusado de executar professor

 

Segundo o site Rolim Noticias, a  polícia informou que o autor do crime contra o professor que estava desaparecido foi preso e que a motivação do fato teria sido por conta de um relacionamento amoroso entre o suspeito e a vítima que tinha e nos últimos dias o professor estaria ameaçando o suspeito de que contaria sobre a relação dos dois a esposa do suspeito.

O jovem com medo de ser revelado, supostamente arquitetou o crime e convidou o professor para uma pescaria, chegando no local houve uma desavença  que terminou no assassinato da vítima e posteriormente teve o corpo carbonizado.

Essa é a versão que o suspeito contou para a polícia no local do fato, tudo que restou foram as cinzas do professor.

Foi localizado também uma motocicleta, uma bolsa e o celular do professor próximo do local do homicídio. Logo após a localização do corpo e dos pertences a perícia foi acionada para realizar os trabalhos de praxe.

O suspeito e os pertences foram encaminhados à delegacia onde foram apresentados ao delegado de plantão.

Saiba mais sobre o caso






No final da tarde desta ontem, 14, a Polícia Civil localizou o corpo do professor Adriano Albuquerque que estava desaparecido há mais de 10 dias de Cacoal.

Segundo as primeiras informações,  uma equipe de investigadores localizou o corpo a vítima na zona rural do Município de Ministro Andreazza, mais precisamente na linha 3 o autor do crime também foi preso.

De acordo com informações,  a motivação do crime teria sido por conta de um relacionamento amoroso que a vítima e o suspeito mantiam a cerca de 2 anos, e nos últimos dias o professor estaria fazendo ameaças ao assassino de que contaria sobre a relação dos dois a esposa do suspeito. Ele teria sido torturado antes de ser morto. 

Mediante a essa situação o jovem arquitetou a logística do crime e convidou Adriano para uma pescaria, chegando lá houve uma discussão que terminou no assassinato da vítima e posteriormente teve o corpo carbonizado.

Está versão dos fatos foi repassada pelo assassino a equipe de policiais, no local do fato, tudo que restou foram as cinzas do querido e amado professor Adriano.

É importante ressaltar que a motocicleta, uma bolsa e o celular do Professor também foram localizados nas proximidades do local do fato.

Logo após a localização do corpo e dos pertences a Perícia Técnica foi acionada para realizar os trabalhos de praxe. O suspeito e os pertences foram encaminhados à delegacia onde foram apresentados ao delegado de plantão. Até o presente o nome do autor do ato cruel não foi divulgado.

Na manhã de sexta-feira, 15, o Delegado Regional de Cacoal, Dr. ALEXANDRE BACCARINI, irá conceder uma coletiva de imprensa para os meios de comunicação, onde irá repassar mais detalhes dessa situação. (Com informações do Pimenta Virtual)


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »