16/05/2020 às 16h53min - Atualizada em 16/05/2020 às 16h53min

Coronavírus mira Cerejeiras, Colorado e região; Vilhena confirmou 15 casos

(Mídia Rondônia) – O novo coronavírus pode tirar a paz dos moradores de Cerejeiras, Colorado e região. Fiscais da Vigilância Sanitária Municipal de Cerejeiras estiveram intensificando ações de combate ao covid-19 na manhã deste sábado (16). O trabalho esteve focado no centro comercial da cidade e, sobretudo, nas entradas de supermercados e lojas.

Mesmo sem registrar casos da doença, alguns moradores têm relaxado e deixado a prevenção de lado. O uso de máscaras e outras medidas estão sendo ignoradas por parte da população. Em Colorado, segundo apurou este jornal eletrônico, a situação segue bem parecida.

Em Cerejeiras, há relatos de festas e aglomerações acontecendo à portas fechadas em toda a cidade. A polícia tem fiscalizado e orientado algumas situações denunciadas, mas sem maiores consequências jurídicas. Outra situação flagrada pela reportagem foi o aumento na venda de bebida alcóolica. Com o dinheiro do auxílio emergencial, muitos que receberam suas parcelas gastaram com carne, carvão e cerveja.

"Infelizmente, isso ainda acontece. Tem gente que deixa de comer pra comprar bebida", avalia um comerciante em contato com a reportagem. 

Em um conhecido bar da cidade, por exemplo, os jogos e as bebidas continuam em pauta como se o vírus não existisse. “É triste perceber isso. É como se nada estivesse acontecendo. As pessoas estão brincando. Ainda não caíram na real que, em Rondônia, o número da doença só aumenta a cada dia”, alerta o univeristário Luciano Silva, morador de Cerejeiras que, entre outras ações, lembrou à reportagem o trabalho realizado pela barreira sanitária no município.

“É importante esse serviço, pois, evita a entrada de pessoas com sintomas de febre, tosse e que, na verdade, vem ao município apenas “bater perna”, visitar amigos. Não é hora de festas e nem de visitas. Fique em casa”, recomendou o jovem acadamêmico.    
 
15 casos em Vilhena

Segundo boletim epidemiológico divulgado ontem (15) pela Secretaria de Saúde do Estado, Vilhena registrava 15 casos confirmados. Já a Secretaria Municipal de Vilhena, por sua vez, identificou mais 20 novos casos suspeitos no município que, pela sua localização estratégica no Cone Sul, pode contaminar todas as outras cidades, inclusive Cerejeiras, Colorado, Corumbiara e Pimenteiras do Oeste, uma vez que os viajantes usam essa rota como corredor. Ainda de acordo com a Sesau, Rondônia tem 1.794 casos confirmados e 62 mortes.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »