02/03/2018 às 13h20min - Atualizada em 02/03/2018 às 13h20min

Trabalhadores seguem mobilizados em Cerejeiras

Reunidos na manhã desta sexta-feira (02) na sede do Sintero, os trabalhadores em educação de Cerejeiras continuaram suas agendas de protestos contra o governo estadual. Após traçarem estratégias e encaminhamentos de ações do movimento, os servidores visitaram os profissionais da escola Tancredo de Almeida Neves. A meta é conscientizar os demais colegas, especialmente os que ainda não paralisaram e estão indecisos em relação ao movimento.  Na oportunidade, os manifestantes destacaram os motivos do protesto, lembrando que o governo não cumpre o Plano Estadual de Educação (PEE), conhecido como Meta 17. Aprovado pela Assembleia Legislativa, o plano não está sendo cumprido de desde 2015, resultando em defasagem salarial e descontentamento da classe. Nesta segunda-feira, a partir das 8h, segundo os manifestantes, haverá novas mobilizações em Cerejeiras. ”A luta é grande, mas a busca por nossos direitos também é certa”, destaca o professor de Matemática, Luiz Alberto.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »