23/07/2020 às 08h44min - Atualizada em 23/07/2020 às 08h44min

Artistas de Rondônia podem se inscrever no auxílio emergencial até dia 31 de julho

Profissionais de arte e cultura que residem em Rondônia podem se inscrever no cadastro de mapeamento cultural até 31 de julho. O projeto foi criado para amparar artistas que foram obrigados a suspender seus trabalhos durante a pandemia do novo coronavírus.

O objetivo da ação é a aplicação da Lei nº 14.017, conhecida como Lei Aldir Blanc, que assegura o auxílio emergencial de R$ 600 mensais aos trabalhadores da área cultural, além do patrocínio para manutenção de espaços artísticos, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias.

 

O benefício mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais. De acordo com a Lei, o recurso total de R$ 3 bilhões será distribuído de forma que 50% do valor seja destinado aos estados e ao Distrito Federal, e outra metade aos municípios.

Conforme o superintendente da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Jobson Bandeira, além do auxílio emergencial, o cadastro também provém a integração do Governo do Estado e do Conselho Estadual de Política Cultural com os profissionais que entrarem no programa.
Membros da classe artística que tenham interesse no recebimento do auxílio devem fazer o cadastro indicando segmento artístico que trabalha e renda mensal clicando aqui. Já os teatros e espaços culturais devem preencher um cadastro específico disponível aqui. (G1)

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor ou contra a volta às aulas presenciais?

9.4%
90.6%