29/07/2020 às 09h24min - Atualizada em 29/07/2020 às 09h24min

Em Cerejeiras, funcionário de escola testa positivo para Covid-19 e doença avança com 94 casos


(Mídia Rondônia) - O funcionário da escola estadual Tancredo de Almeida Neves (ETAN),  de Cerejeiras, Anderson Goulart, testou positivo para o novo coronavírus. Ele usou as redes sociais para alertar as pessoas que estiveram próximas nos últimos dias. Goulart fez a postagem na noite de ontem (28). O servidor público está isolado desde o dia 21, quando começou a sentir os primeiros sintomas da Covid-19. Enquanto isso, nas redes sociais, a discussão acontece sobre o tema volta às aulas. Há polêmicas e cautela no retorno às atividades. 

Com 05 óbitos e 94 casos confirmados, a cidade de Cerejeiras vive seu momento crítico da pandemia. A doença avança a cada dia. Não somente na cidade, mas também em todos os municípios do Cone Sul. Vilhena registrou no boletim da Sesau de ontem (28) 1.264 casos ativos.

Sem apoio especializado para um atendimento mais graves, muitos pacientes estão deixando o municipio para se tratar em outras regiões. Mesmo com o agravamento dos casos, o isolamento social não tem sido respeitado em Cerejeiras. Bares e lanchonetes estão lotados. Pessoas sem máscaras. Garçons atendem normalmente seus clientes, como se o vírus não fosse uma ameaça real. Não há fiscalização nestes locais. Existem fiscalizações em pontos isolados, como praças e alguns comércios de feira, mas que não surtem efeitos positivos, como se fossem feitas em lanchonetes, por exemplo.

Festas e aglomerações seguem em ritmo acelerado nos fins de semana por toda a cidade. A polícia tenta fazer sua parte, mas a cultura do negacionismo prevalece entre a maioria das pessoas que, por outro lado, não usam máscaras e nem se protegem da doença. Há relatos, inclusive, de grupos que se juntam nos fins de semana para churrasquear em casas aglomeradas, sítios e balneários.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor ou contra a volta às aulas presenciais?

9.4%
90.6%