12/03/2018 às 16h22min - Atualizada em 12/03/2018 às 16h22min

Greve paralisa escolas no Cone Sul

A greve dos trabalhadores em educação está próxima de atingir os 100% de paralisação no Cone Sul. Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira,12, em Cerejeiras, mais uma escola aderiu ao movimento. Com o Ceeja paralisado, o município suspendeu as aulas na rede estadual de ensino. Com a pressão dos trabalhadores na Assembleia Legislativa e manifestações em Porto Velho, a Mesa de Negociação do governo marcou para amanhã, dia 12, a partir das 11h, em Porto Velho, uma reunião com os dirigentes do Sintero. O chefe da Casa Civil, Emerson Castro, se comprometeu em apresentar uma proposta para a categoria dos trabalhadores. Na última sexta-feira, 09, os servidores de Cerejeiras saíram às ruas em protesto, oportunidade em que promoveram um pit stop, entregando uma carta aberta à população. No documento, os trabalhadores voltam a destacar os motivos da greve e pedem, por outro lado, o apoio e a compreensão da sociedade na luta para o cumprimento da Meta 17, que trata da valorização dos profissionais em educação e o atendimento do Plano Estadual de Educação (PEE), previsto na Lei 3.565/2015, aprovada pela Assembleia Legislativa, mas que o governo estadual não cumpre.  
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »