25/09/2020 às 08h38min - Atualizada em 25/09/2020 às 08h38min

Colorado: Aluna do IFRO é selecionada para representar o estado de Rondônia como deputada pelo Parlamento Jovem Brasileiro

Mídia Rondônia
Eduarda Caroline Machado de Souza, 16 anos, é moradora do município de Cabixi (RO) e está cursando o 3º ano do Ensino Médio Integrado ao curso Técnico em Agropecuária do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado de Rondônia – IFRO - Campus Colorado do Oeste.



No dia 18 de setembro de 2020, Eduarda recebeu a notícia que havia sido selecionada, entre 78 jovens de todo o Brasil, como Deputada Jovem pelo Parlamento Jovem Brasileiro, representando o Estado de Rondônia em Brasília na Câmara dos Deputados durante os dias 11 e 14 de maio de 2021, e ao decorrer de todo o mandato de um ano como Deputada Jovem.

O processo seletivo consistiu em escrever um projeto de lei sobre um problema identificado em sua comunidade. Foi então que Eduarda começou a trabalhar em uma ideia em conjunto com a professora de sociologia Magda de Oliveira Pinto e o professor de língua portuguesa Moisés José Rosa Souza, que resultou no projeto de lei intitulado “Programa de Educação Antirracista”.

O Projeto denominado “Programa de Educação Antirracista” apresenta como tema central a discriminação racial e das suas consequências na sociedade. O racismo está presente na realidade brasileira: em ambientes públicos e privados, escolas, universidades, em locais de trabalho, etc.
 
As consequências das atitudes racistas são de toda ordem: discriminação, ofensa, violência psicológica, violência física, segregação, desigualdade social e até a morte. Sendo assim, o Programa visa contribuir para a diminuição de casos de racismo no Brasil, através de uma Educação que ajude a combater/amenizar esses tipos de casos, instituindo uma Educação Antirracista nas instituições de ensino em território nacional.

”Estou muito animada com a ideia de simular a jornada de trabalho dos deputados federais e como acontecem todas as discussões e decisões na Câmara dos Deputados. Também fico muito feliz de estar representando meu Estado Rondônia, agora pela 4ª vez, e junto com os outros Deputados Jovens, a nossa região Norte. Espero que este projeto desperte o olhar das pessoas sobre a importância de políticas antirracistas dentro de nossas escolas, e que isso nos leve a discutir e resolver este problema que é muito presente em nosso dia-a-dia. Por fim, espero inspirar outros estudantes, e que com a minha conquista eles possam ver que é sim possível conquistar seus sonhos, claro, com muito esforço e dedicação. Ficaria muito feliz em ver que os alunos de Rondônia estão se tornando protagonistas de suas próprias histórias ao se inscrever em programas como o Parlamento Jovem, e que a minha participação sirva de incentivo para os nossos novos Deputados Jovens!” Disse Eduarda Caroline
 
O que é o Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) ?

O Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) é programa de Educação para Democracia, que anualmente oferece a estudantes do ensino médio de todo o país a oportunidade de simular a jornada de trabalho dos deputados federais. Os jovens tomam posse e exercem o mandato como deputados jovens durante cinco dias na Câmara dos Deputados, em Brasília.



Criado pela Resolução nº 12/2003 da Câmara dos Deputados, e regulamentado pelo Ato da Mesa nº 49/2004, o PJB se propõe também a ser ferramenta pedagógica nas escolas, proporcionando discussão de temas como política, cidadania e participação popular. Enquanto os professores e estudantes se engajam no processo de elaboração de projetos de lei para o PJB, são criadas múltiplas oportunidades de reflexão em sala de aula. Os jovens podem aprender mais sobre sua realidade, com a busca de soluções para os problemas existentes e o entendimento das responsabilidades de governos, organizações e cidadãos.

O exercício de elaborar uma proposta legislativa é uma grande oportunidade para os estudantes desenvolverem as competências dos eixos cognitivos da matriz de referência do ENEM, como o domínio da linguagem, a compreensão de fenômenos, o enfrentamento de situações-problema, a construção de argumentação e a elaboração de propostas.

Durante a jornada parlamentar em Brasília, o PJB une estudantes de diferentes culturas, gêneros, etnias, crenças e realidades sociais. Assim, oferece a vivência real de tolerância, inclusão e respeito à diversidade - além de conteúdos formais sobre controle social e Poder Legislativo. Ao final do programa, todos terão exercitado suas habilidades de debate, argumentação, articulação política, valorização do consenso e busca do bem comum.

É isso que faz do PJB uma das grandes ações de educação para a democracia realizadas pela Câmara dos Deputados: todos os jovens que se envolvem na elaboração de um projeto de lei têm a oportunidade de obter novos aprendizados e de desenvolver sua cidadania.
 
Click aqui e conheça o projeto de lei de Eduarda Caroline: https://drive.google.com/file/d/1FE1mpQ7YjdcqyRbjMjyjv0ionYnt5JNU/view?usp=sharing

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »