14/10/2020 às 16h17min - Atualizada em 14/10/2020 às 16h17min

Eleição no Sintero: Chapa 01 defende técnicos educacionais e luta pelo piso

assessoria

O combate à terceirização dos serviços nas escolas e a luta pelo piso salarial dos Técnicos Educacionais sempre esteve na pauta de atividades do Sintero e integra o conjunto de propostas da Chapa 1 “RENOVAÇÃO E EXPERIÊNCIA PARA LUTAR”, que tem como candidata à reeleição a presidente do sindicato, Lionilda Simão.

 

Algumas conquistas foram alcançadas, como a gratificação de unidade escolar, o auxílio alimentação, a gratificação de escolaridade, o enquadramento dos Técnicos no Plano de Carreira da Educação com direito à progressão funcional e todas as licenças, o horário corrido (os Técnicos tinham que trabalhar em 2 turnos), a profissionalização, a criação do Profuncionário, entre outras.

No entanto, é preciso avançar ainda mais. Os Técnicos ainda possuem os salários mais baixos do governo, correm o risco de ter a função extinta pela terceirização dos serviços e precisam ser mais valorizados. Por isso, entre as propostas da Chapa 1 estão a intensificação da luta pelo piso salarial da categoria, contra o avanço da terceirização, contra a reforma administrativa, pelo oferecimento de mais cursos de formação, ampliação da assistência jurídica que já oferecida à categoria, e por mais espaço para a participação dos Técnicos nos debates sobre educação e serviço público nas escolas.

Para garantir essas lutas, a Chapa 1 “RENOVAÇÃO E EXPERIÊNCIA PARA LUTAR” tem na sua composição lideranças que bem representam os Técnicos, como o ex-presidente Manoel Rodrigues da Silva (Manoelzinho), o primeiro Técnico a ser eleito presidente do Sintero, entre outros Técnicos comprometidos com a luta.

“Para garantir que essa luta vai continuar com mais força, e para que as conquistas obtidas não se percam, contamos com o voto dos Técnicos na Chapa 1”, disse a presidente do Sintero, Lionilda Simão, candidata à reeleição. Segundo ela, a categoria não pode abrir mão do que já foi conquistado e não pode correr o risco de perder essa luta. Por isso, o voto na Chapa 1 é a melhor opção.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »