26/12/2020 às 19h39min - Atualizada em 26/12/2020 às 19h39min

Juíza assassinada pelo ex-marido levou 16 facadas no pescoço, aponta laudo do IML

A juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, assassinada aos 45 anos na véspera do Natal por seu ex-marido, recebeu 16 facadas no pescoço, rosto e barriga, de acordo com o laudo do Instituto Médico Legal (IML).

O crime ocorreu na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. As três filhas do casal presenciaram o fato. Segundo o site G1, Viviane já havia feito registro de lesão corporal contra o ex-marido e chegou a ter escolta policial concedida pelo TJ-RJ.

O ex-marido, Paulo José Arronenzi, se recusou a falar na delegacia e disse que só se manifestará em juízo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »