29/04/2021 às 08h36min - Atualizada em 29/04/2021 às 08h36min

Em Rondônia, mais um município tem aplicação da 2ª dose de vacina suspensa

A aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac está suspensa em Ariquemes (RO). A informação foi confirmada nesta quarta-feira (28), pela prefeitura.

O Município pretendia vacinar cerca de 300 pessoas nesta semana com a segunda dose da CoronaVac, mas não há imunizante suficiente. A gerência de vigilância em saúde informou que nas duas últimas remessas enviadas pelo Ministério da Saúde, a maior parte das doses era da vacina Oxford/AstraZeneca.

A Secretaria Municipal de Saúde diz que já entrou em contato com o Ministério da Saúde que por sua vez garantiu o envio de mais doses da vacina CoronaVac no início da próxima semana.

Na terça-feira (27) a aplicação da segunda dose também foi suspensa em Porto Velho por falta da vacina.

 

Mudança de orientação

 

Em março, o então ministro Eduardo Pazuello orientou que estados e municípios usassem todo o estoque das vacinas para a primeira dose a fim de acelerar o ritmo da vacinação. No dia 6 de abril, Marcelo Queiroga reforçou essa orientação.

Na segunda-feira (26), no Senado, o novo ministro explicou que agora a orientação é guardar parte do estoque devido o "atraso na chegada de insumos da China para a vacina CoronaVac".

O intervalo para a aplicação da segunda dose da CoronaVac é de 14 a 28 dias. Segundo o Ministério da Saúde, a suspensão não invalida o efeito da vacina, e a orientação é tomar a segunda dose assim que uma nova remessa chegar. A informação é do G1.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »