14/09/2021 às 21h59min - Atualizada em 14/09/2021 às 21h59min

Em nota de repúdio, sindicatos lembram que servidores levaram rasteira de deputados e Governo

Os SINDICATOS UNIDOS, prejudicados pela manobra sorrateira perpetrada pelos deputados estaduais, com aprovação da Reforma da Previdência, nas sombras, sem que os representantes da classe trabalhadora fossem ouvidos, apresentam a presente NOTA DE REPÚDIO AO GOVERNO DO ESTADO E À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, pelos seguintes fatos:
  • Tal episódio de aprovação da Reforma, não passou de uma verdadeira rasteira aos já sofridos servidores públicos, de vez que estes tiveram seus direitos vilipendiados e sequer tiveram voz para contestá-los;
  • Destacam, nesse contexto, a falta de cumprimento de palavra e de transparência firmado pelo presidente da Assembleia e pelos demais parlamentares com a classe trabalhadora que, por inúmeras vezes, iludida com as promessas que recebia, acreditou que poderia contar com eles na reivindicação de seus direitos, na discussão das mudanças previdenciárias, mas que ao final, teve sua voz silenciada.
  • Entendem, que os deputados estaduais, deveriam honrar sua palavra, mas o que fizeram ao final da sessão, foi mostrar suas verdadeiras faces, e nem consciência tiveram na hora de prejudicar os direitos e os esforços dos servidores ao longo de uma vida.
  • Os Sindicatos Unidos deixam claro que, a priori, ainda se iludiram imaginando que poderia haver ingenuidade, ou que alguns deles estavam enganados na hora do pedido de vista das PEC’s em votação.
  • Mas, depois do caso pensado, para surpresa de todos, tudo não passou de uma manobra ardilosamente preparada contra os servidores no porão do Legislativo;
  • Ressalta, por fim, que, tanto os parlamentares presentes na sessão, quanto aqueles que estavam remotamente participando dela, voltaram pálidos ao plenário depois da reunião feita nos bastidores do Legislativo, por isso, perderam a veemência e a voz de defesa.
  • “No frigir dos ovos”, todos caminharam na contramão da reivindicação feita exaustivamente pelos Sindicatos Unidos, que clamavam pelo direito ao diálogo, à contribuição e sugestão acerca do tema, na expectativa de minimizar os impactos da Reforma da Previdência, uma vez que não havia qualquer tipo de resistência por parte dos servidores a respeito da matéria.
  •  Registram, os Sindicatos Unidos, que o circo montado, reflete bem o sentimento que a Casa de Leis tem pelos servidores, uma vez que, nesta oportunidade, calaram sua palavra e deixaram apodrecer suas esperanças.
  • O Poder Legislativo Estadual, demagogicamente conhecido como a Casa do Povo, na verdade é casa de meia dúzia e, neste caso específico, deixou a impressão de que o interesse individual sobrepujou o coletivo.
  • Registra, por fim, seu repúdio e sua grande decepção com atitude desprovida do sentimento da democracia do primeiro homem na hierarquia do poder, que até então, se intitulava publicamente como um democrata, mas que na verdade, neste caso específico, não passou de um lobo em pele de cordeiro.

Fica aqui o REPÚDIO dos Sindicatos Unidos.

NOTA DE REPÚDIO - APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA ESTADUAL

NOTA DE REPÚDIO - APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA ESTADUAL


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »