23/03/2018 às 01h45min - Atualizada em 23/03/2018 às 01h45min

Profissionais da Educação de Minas fazem café da manhã em frente à sede governo: “Acorda, governador!”

  Os trabalhadores em Educação da rede estadual de Minas Gerais estão em greve desde 8 de março. Na manhã desta quinta-feira (22/03), eles realizaram em frente ao Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, o ato público “Acorda Governador!”para chamar a atenção de Fernando Pimentel . Sob coordenação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), o objetivo foi chamar a atenção do executivo de Minas para os acordos assinados com a categoria. Eles cobraram de Pimentel os acordos assinados e não cumpridos. Em coro, gritaram as palavras de ordem: ” governo sério cumpre o que assina!” Durante o ato na Praça da Liberdade  foi servido café e pão com mortadela. A partir das 14h desta quinta-feira, os profissionais da Educação realizam assembleia no Pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG),  para decidir os rumos do movimento. Reivindicações: o pagamento do piso salarial conforme acordo assinado entre o Sindicato e o governo do Estado, fim do parcelamento dos salários e do 13º, pelo cumprimento dos acordos assinados e atendimento de qualidade pelo Ipsemg.  
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »