14/02/2019 às 11h36min - Atualizada em 14/02/2019 às 11h36min

Sucessão municipal: Prefeitura de Cerejeiras deve passar por ampla reforma política

 Assim como ocorreu recentemente na Câmara Municipal, onde houve troca de assessores escolhidos pelo novo presidente da Casa de Leis, Gabriel Cândido, a prefeitura de Cerejeiras também deve passar por uma ampla reforma política tendo à frente a nova prefeita Lisete Marth.

A meta, segundo apurou este MIDIARONDONIA, seria acomodar os novos aliados políticos com vista às eleições de 2020, deixando, por sua vez, de fora outros colaboradores que estariam ligados ao grupo do ex-prefeito Airton Gomes.

Após a renúncia de Gomes, as articulações nesse sentido ficaram mais evidente no Paço Municipal, a exemplo da recente nomeação do novo chefe do hospital São Lucas, Ederson Lopes, parente do ex-vereador Edmar Lopes.
Sabe-se, porém, que a prefeita vem sofrendo pressão de alguns vereadores que buscam cargos na estutura municipal para acomodar aliados políticos.
Fala-se, nos bastidores, que há, também, um grupo se articulando para garantir apoio político em torno do nome da prefeita para disputar a eleição de 2020.

Mudanças de secretários

Nomes, inclusive de secretários municipais, estariam sendo negociados para montar essa ampla aliança partidária e garantir, até mesmo, uma lista de pré-candidatos fortes para disputar a Câmara Municipal em 2020.    
Aliados políticos, correligionários e filiados à legenda da prefeita, estariam prontos para assumir posições estratégicas em algumas secretarias do Poder Executivo Municipal que, segundo informam os bastidores, os atuais ocupantes desses cargos comissionados estariam desgastados e, por outro lado, teriam permanecidos durante todo o tempo na famosa zona de conforto político, gerando prejuízos à nova imagem que será desencadeada pela atual gestora de Cerejeiras. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »