22/05/2020 às 19h23min - Atualizada em 22/05/2020 às 19h23min

Pré-candidato à prefeitura de Colorado, servidor do Idaron transporta gado sem GTA e tenta enganar a polícia

O servidor público Lindon Jonson Costa, que atualmente está lotado na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), foi levado pela Polícia Militar (PM), para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), de Colorado do Oeste, sob suspeita de transportar gado sem Guia de Transporte Animal (GTA). O fato aconteceu no último dia 8, segundo informa o jornal eletrônico Extra de Rondônia. 

Lindon Jonson, que é pré-candidato a prefeito de Colorado, pelo Partido Progressistas (PP), teria comprado 16 cabeças de gado na cidade de Corumbiara e estava levando para seu sítio em Colorado.  
Contudo, policiais militares que participavam de uma operação na linha 4 – rumo Colorado, notaram que o motorista de um caminhão boiadeiro ao avistar a viatura, realizou manobra brusca e demonstrou nervosismo chamando a atenção da guarnição. 

Com isso, o caminhão foi abordado e o condutor apresentou somente os documentos pessoais e afirmou que não estava de posse da GTA.O motorista contou que estava transportando os animais para Lindon Jonson Costa, que é funcionário do Idaron de Colorado. Todavia, após conversarem com o condutor, os policiais descobriram que estavam na frente da propriedade do dono da carga. 

Entretanto, foram contadas 16 cabeças de gado. Os militares entraram em contanto com o proprietário, na qual enviou aos policiais via WhatsApp uma guia com data e horário que não condizia com a verdade do fato, provavelmente na intenção de enganar os policiais. Algum tempo depois, Lindon Jonson disse ter se enganado sobre o documento completo, sem corte, ele enviou um novo documento com horário posterior a abordagem e com a quantidade de animais que não se enquadravam aos que estavam sendo transportados. Diante dos fatos, os envolvidos foram levados para a Unisp, e apresentados ao delegado de plantão para providências cabíveis.

Fonte:Extra de Rondônia.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »