09/07/2020 às 17h31min - Atualizada em 09/07/2020 às 17h31min

Em Cerejeiras, projetos sociais atendem familías no município

Os trabalhos na área social desenvolvidos pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seas) em parceria com a Prefeitura de Cerejeiras, estão atendendo efetivamente as famílias do município.

O foco das ações está na proteção das crianças de 0 a 3 anos ou até 6, no caso de deficientes físicas inseridas no Benefício de Prestação Continuada (BPC). O trabalho faz parte do Plano de Proteção da Primeira Infância, para atender aos 52 municípios rondonienses.

Em Cerejeiras, são vários serviços sociais em andamento no município, a exemplo do Programa Criança Feliz + e o Mamãe Cheguei, ambos voltados às pessoas em estado de vulnerabilidade social e econômica.

Uma extensão do programa federal Criança Feliz, a versão estadual batizada de Criança Feliz +, abriu este ano 40 vagas, com um total de 36 inscritos e 17 liberados na primeira etapa, segundo explica a supervisora municipal do Programa, assistente social Cristineia Mota.

Segundo ela, para se cadastrar no programa estadual, a criança deve estar sendo acompanhada pelo programa federal. Ao efetivar o cadastro, a criança receberá um cartão com o valor de R$ 100, até completar três anos de idade.

Em Cerejeiras, o Criança Feliz teve início em novembro de 2017, funcionando com 100 vagas. “Com três meses que o município aderiu, tornou-se referência estadual na aceitação das famílias”, destacou a supervisora. O Criança Feliz +, programa estadual, começou em março de 2020.

MAMÃE CHEGUEI

Outro programa que segue firme no município é o Mamãe Cheguei. Segundo a supervisora do Programa, 13 futuras mães já estão aptas para receber o kit enxoval, ofertado às gestantes pelo programa estadual. Além da supervisora municipal, Cristineia Mota, atuam no apoio dos trabalhos sociais em Cerejeiras, as visitadoras Rayane Prado, Rafaela Godoi e Marta Alves.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »