07/03/2018 às 21h04min - Atualizada em 07/03/2018 às 21h04min

SERVIDORES DA SEDUC FORAM IGNORADOS PELO GOVERNO CONFÚCIO

Em audiência realizada nesta quarta-feira, 07, o secretário de Educação, Valdo Alves, assumiu que o governo Confúcio não investiu na valorização dos trabalhadores em educação. Ele foi sabatinado por deputados e sindicalistas. Valdo anunciou que a Seduc estuda corrigir os salários dos servidores que estão em greve. Segundo ele, o governo investiu na melhoria das estruturas das escolas, mas não valorizou o pessoal. Ele disse que a Seduc estuda cortar gastos para que haja folga orçamentária.  "Reduzimos despesas, cortamos diárias e outros gastos. São ações que visam sobrar uma margem, que permitam fazer correções salariais. Esperamos poder oferecer, dentro das nossas possibilidades, uma contraproposta com percentual de correção", explicou o secretário.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »