04/11/2020 às 21h15min - Atualizada em 04/11/2020 às 21h15min

Caos na saúde de Cerejeiras: vereador expõe deficiências e ações eleitoreiras da prefeitura

Mesmo como um aparelho de raio-x à disposição, a população de Cerejeiras chega a ficar 12 horas por dia sem um radiologista para manusear o aparelho de diagnóstico por imagem que é essencial na área médica. Esse é apenas um dos problemas da Saúde no município de Cerejeiras. O vereador Saulo Siqueira (PTB) usou a tribuna da Câmara de Vereadores, na noite desta terça-feira (03), para cobrar da prefeitura a solução urgente para este problema.

O vereador ainda acusou a administração municipal de agir de forma exclusivamente eleitoreira na contratação de especialistas. De acordo com Saulo Siqueira, a prefeitura deixou Hospital Municipal por quase oito anos sem especialistas, porém, às vésperas das eleições decidiu contratar alguns médicos.

Ainda sobre a falta de radiologistas, Saulo Siqueira falou sobre o caso recente de uma jovem que sofreu acidente de moto em Cerejeiras e veio a óbito em Cacoal. O vereador relata que a paciente recebeu os primeiros cuidados médicos no hospital de Cerejeiras, onde permaneceu por cerca de três horas e não fez uma radiografia por falta de profissionais de plantão.

A situação da jovem se agravou e precisou ser encaminhada ao Heuro, em Cacoal, mas infelizmente não resistiu.  “Por falta de um gestor competente, vidas são ceifadas. Não adianta ter equipamento se não tem um profissional para operá-lo”, denunciou Siqueira ao afirmar que a jovem faleceu por não ter conseguido realizar um exame de radiografia a tempo.

De acordo com o vereador, Cerejeiras tem apenas quatro servidores na área de radiografia e fazem plantão das 8h horas às 20h para fazerem plantão de 24 horas é necessário a contratação de pelo menos mais três profissionais. 

Confira o Vídeo 
http://bit.ly/2TRbSGY

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »