04/08/2018 às 09h41min - Atualizada em 04/08/2018 às 09h41min

Vídeo: Cúpula do PT tenta rifar candidatura de Fátima Cleide

O encontro estadual do PT, realizado na quinta-feira em Porto Velho, foi marcado por insultos, empurrões e muita confusão. Ao final, a Executiva Regional, comandada pelo ex-prefeito Roberto Sobrinho, o ex-deputado Padre Tom e o deputado Lazinho, conseguiu garantir que ela própria defina os rumos da legenda e praticamente selando coligação com o PDT, PP e PSB. Assim, a candidatura da ex-senadora Fátima Cleide, que queria voltar ao Senado, foi praticamente sepultada. A confusão foi geral. Padre Tom acusado de querer beneficiar o senador Acir Gurgacz em detrimento do próprio partido e Roberto Sobrinho foi chamado de machista. Correligionários de Fátima Cleide fizeram várias acusações, mas a Executiva teve o aval que queria. A candidatura de Fátima Cleide foi rifada porque a frente comandada por Acir Gurgacz já tem dois candidatos ao Senado: Carlos Magno (PP) e Jesualdo Pires (PSB). Com a adesão do PT, a campanha de Acir ganha bastante tempo na propaganda eleitoral gratuita. Indiretamente outros candidatos também se beneficiam com a derrota de Fátima Cleide, que aparecia em várias pesquisas sempre entre os três primeiros colocados. Fonte: Rondoniagora.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »