23/03/2018 às 09h29min - Atualizada em 23/03/2018 às 09h29min

URGENTE: após "enterrar" Confúcio, trabalhadores ocupam prédio da Seduc nesta sexta-feira

Após o enterro simbólico do governador Confúcio Moura, ato político realizado ontem em Ariquemes, dia 22, os trabalhadores em educação voltaram a protestar nesta sexta-feira, dia 23, ocupando o prédio da Secretaria de Educação (Seduc), localizado em Porto Velho.

A manifestação faz parte das cobranças feitas pela classe e exige que o governo cumpra a Lei nº 11.738/2008 (lei do piso salarial do Magistério), a Lei nº 3.565/2015, que instituiu o Plano Estadual de Educação, e crie um piso salarial para os técnicos educacionais no valor de 60% do salário dos professores.

Hoje os técnicos ganham pouco mais de um salário mínimo por conta das perdas salariais acumuladas.

Os professores querem adequar o vencimento dos docentes ao piso nacional, que é de R$ 2.455, e solicitam ainda aumento salarial aos professores ‘classe C’, que têm especialização, em comparação aos ‘classe A’, que têm apenas o magistério.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »