27/05/2020 às 11h05min - Atualizada em 27/05/2020 às 11h05min

Polícia Civil realiza “Operação Pátio Limpo” na delegacia de Cerejeiras

MÍDIA RONDÔNIA
Ilustrativa
A Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia, por meio da 1ª Delegacia de Policia de Cerejeiras (RO), lançou o Edital nº. 01/2020 com objetivo de comunicar os possíveis proprietários de veículos interessados em reaver veículos automotores de suas propriedades que encontram no pátio da delegacia e se serão encaminhados para destruição.
 
Na lista constam 15 veículos automotores, que estão em estado de sucata, há anos abarrotando o pátio do órgão de segurança pública e os eventuais proprietários dos veículos abaixo relacionados tem até o dia 01 de junho de 2020 para manifestarem interesse em reaver seus bens.
 
  1. S10 cor Branca – Placa JNC 1902 Salvador BA
  2. Uno cor Bordô – Placa JA 4185 Araguaína TO
  3. F1000 cor Cinza – Placa BUX 4047 Caraima PR
  4. Saveiro cor Prata – Placa NBE 1254 Vilhena RO
  5. Monza cor Branca – Placa BYE 2578 São Paulo SP
  6. Corsa cor Prata – Placa BAC 1968 Ponta Grossa PR
  7. Gol quadrado – Cor Cinza sem placa
  8. Voyage – Placa NBE 8678 Cerejeiras RO
  9. Chevette cor Marrom – Placa JYL 0235 Rondonópolis MT
  10. Santana cor Verde – Placa BMB 4143 São Paulo SP
  11. Monza cor Prata – Placa CGO 2780 Américo Brasiliense SP
  12. Gol cor prata – Placa JZG 1066
  13. Voyage cor Branca – Placa JYC 3463 Sinop MT
  14. Fiat Prêmio cor Verde – Placa BO 3957 Brasília DF.
  15. F75 cor Verde – Placa VI 6559 Vilhena RO.
 
O edital foi assinado no dia 22 de maio pelo delegado Mayckon Douglas Pereira, que nomeou a agente de policia civil Sara Lilian Lima para atender os proprietários que manifestarem interesse e dar prosseguimento nos procedimentos.
 
Segundo o delegado, o edital tem finalidade dar publicidade aos proprietários desses veículos. “Nosso objetivo é dar ciência a eventuais interessados, que tais veículos estão há anos no pátio da delegacia e se não forem reivindicados serão destinadas a destruição.” Esclareceu Mayckon.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »