15/07/2020 às 08h47min - Atualizada em 15/07/2020 às 08h47min

PF faz operação em Rondônia e mais 4 estados para combater fraudes em institutos de previdência municipais

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (15) uma operação para combater fraudes em 65 institutos de previdências localizados nos estados de São Paulo, Rondônia, Rio de Janeiro, Goiás e Minas Gerais. Segundo a PF, os institutos investigados são municipais e todos investiram em fundos falsos, administrados por uma das instituições investigadas.
 
Ao todo, 71 mandados de busca e apreensão são cumpridos na Operação Fundo Fake, que tem apoio de 200 policiais e é feita em Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Minas Gerais. Todos os mandados foram expedidos pela Justiça de Rondônia.
 
A PF calcula que cerca de R$ 500 milhões de reais de RPPSs foram aportados nestes fundos “fundos fakes”, sendo R$ e 17 milhões só na previdência de Rolim de Moura.
 
Segundo a PF, a organização criminosa foi descoberta pela delegacia de Vilhena (RO), depois do instituto de previdência de Rolim de Moura (RO), o Rolim Previ, contratar por vários anos uma empresa de consultoria financeira para que a mesma indicasse quais as melhores aplicações financeiras para o Fundo.
 
O objetivo da organização criminosa era prejudicar os cofres dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) municipais. (G1).
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor ou contra a volta às aulas presenciais?

9.4%
90.6%