15/11/2020 às 07h17min - Atualizada em 15/11/2020 às 07h17min

Candidata à prefeita é investigada em grande operação da PF

Na tarde deste sábado (14), a Polícia Federal em operação conjunta com o Ministério Público Estadual de Rondônia, deflagrou a Operação Suffragium Flex, para cumprir 10 mandados de busca e apreensão em diversos comércios, comitês e residências em Guajará Mirim.

 

Os mandados foram expedidos pela 1º Zona Eleitoral de Rondônia e buscam combater a prática corrupção eleitoral, que já é alvo de investigações da Polícia Federal no município, com o emprego de mais de 30 agentes na operação.

A ação tem como objetivo a apreensão de materiais que comprovem as ilegalidades. As apreensões serão analisadas e caso confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder pelo crime de corrupção eleitoral, com pena que pode chegar a quatro anos de reclusão, além de multa.

O nome da Operação Suffragium Flex faz alusão à troca de votos por combustíveis, pois uma candidata à Prefeitura estaria utilizando da estrutura empresarial da família para a distribuição de combustível e dinheiro com a intenção de angariar votos para a sua candidatura. Com informações do Rondoniagora.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »